Receita de Risoto Tradicional

Procurando uma receita de risoto tradicional, ou mesmo um mais elaborado? Então, você veio ao lugar certo! Neste texto, você conhecerá um pouco mais sobre o prato e descobrirá como se tornar um especialista. Acompanhe!

Quem não gosta de uma boa receita de risoto tradicional? Clássico da culinária italiana, o prato costuma agradar aos mais diversos paladares. Até porque, quem não se satisfaz com a versão mais simples, pode investir em opções exatamente com os seus ingredientes preferidos. Que tal um risoto com bacon, ou ainda com amêndoas?

A tradução literal de “risoto” é “pequeno arroz”. O prato surgiu na região da Lombardia, mas existem versões diferentes da história. São duas as principais.

Uma delas diz que, no ano de 1574, o artista Valério di Fiandra estava cozinhando para o casamento de sua filha. Sem querer, ele deixou cair na panela uma quantidade de açafrão.

Sem tempo para preparar um novo prato, ele serviu o arroz colorido aos convidados. O jantar fez sucesso, e então surgiu o Risoto alla Milanese (Risoto a milanesa), a receita de risoto tradicional.

Já a segunda narração dessa história diz que Valério di Fiandra tinha um aluno, que criava belas cores de tintas. Inclusive por meio do uso do açafrão.

Mesmo adorando o resultado, Fiandra fingia não notar a genialidade do aluno. Como uma vingança, então, o artista aprendiz subornou o cozinheiro do casamento da filha de Valério, e este colocou açafrão na receita. Ainda assim, os convidados adoraram o prato, e o risoto nasceu.

Independente da sua origem, o risoto vem sendo preparado com os mesmos ingredientes básicos, desde o século XVI.

São eles: o arroz para risoto, caldo (geralmente de frango), manteiga, vinho, cebolas, parmesão e açafrão. Ingredientes extras criam diversas variações da refeição, adequando a delícia aos gostos de cada um.

Receita de Risoto Tradicional

Como Fazer Risoto?

Antes de tudo, um bom risoto precisa contar com o arroz correto. O arroz comum, utilizado no dia a dia das famílias brasileiras, não é o ideal. Na verdade, é preciso utilizar o grão arbóreo, o carnaroli ou o vialone nano.

Os grãos arbóreos são os mais conhecidos, e também os mais baratos. Ele é o ideal para risotos que levam carnes em sua receita. Já o arroz carnaroli é o mais utilizado pelos italianos, pois possui mais amido. Como resultado, a receita do risoto se torna mais cremosa.

Por outro lado, o arroz Vialone Nano é indicado para risotos de frutos do mar ou com ingredientes cortados pequenos. Qualquer dos grãos escolhidos deve ser cozido até ficar al dente. Ou seja, ele deve ser cozido até o ponto em que oferece leve resistência à mordida.

Uma receita de risoto simples deve começar pela cebola. É preciso picá-la menor do que o arroz, para que ela se misture bem e garanta uma bela apresentação do prato. Cebola e arroz devem ser refogados juntos.

No passo seguinte, é preciso acrescentar o vinho, branco, tinto ou qualquer outro de sua preferência. É interessante, apenas, harmonizar o vinho com o restante dos ingredientes. O vinho ajuda a liberar o amido do arroz, o que garante a cremosidade do risoto.

Com a evaporação rápida do vinho, é preciso acrescentar, aos poucos, o caldo escolhido para o risoto. A receita sempre inclui mexer o arroz continuamente, até que ele absorva todo o caldo. Novas conchas do líquido devem ser usadas até que o arroz atinja a consistência al dente.

Na hora de finalizar a refeição, basta mistura manteiga e queijo à panela. O prato deve ser consumido ainda quente, para que a sua cremosidade seja aproveitada.

Receita de Risoto Italiano

Receita de Risoto Italiano

Como citamos, a receita de risoto italiano mais tradicional é o Risotto alla Milanese. Ela leva açafrão, cebola e pimenta do reino, e apresenta um tom amarelado bastante atrativo. Veja a seguir como preparar essa versão do prato.

Ingredientes:

  • 180 gramas de arroz para risoto
  • 1 cebola média picada bem pequena
  • 1 litro de caldo (de carne, legumes ou frango)
  • 100 ml de vinho branco
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 50 gramas de parmesão
  • Azeite
  • Sal a gosto
  • ½ colher (chá) de açafrão
  • Pimenta do reino a gosto

O primeiro passo da receita de risoto tradicional é, em uma frigideira, tostar o açafrão. A especiaria deve ser adicionada ao caldo que será usado no risoto. Após essa mistura, coloque o caldo para ferver, pois ele deverá estar quente na hora da adição ao arroz.

No passo seguinte, aqueça um pouco de azeite e a cebola, por cerca de cinco minutos. Depois, acrescente o sal e o arroz, deixando-o refogar.

Adicione o vinho com cuidado, e deixe-o evaporar completamente. Em seguida, acrescente uma concha de caldo quente, cobrindo o arroz. Mexa sem parar, até que o grão absorva todo o líquido. Acrescente novas conchas de caldo até o arroz ficar al dente. Nunca pare de mexer.

Com o arroz pronto, desligue o fogo. Acrescente a manteiga e o parmesão, e misture bem. Finalize com a pimenta e o sal, se necessário. Sirva ainda quente, para aproveitar a cremosidade e a textura do risoto.

Risoto de Palmito: Como Fazer?

Risoto de Palmito

A receita de um risoto de palmito é muito semelhante à do risoto tradicional. Aliás, sempre que você desejar uma nova receita do prato, basta apenas acrescentar o ingrediente desejado. O passo a passo para o preparo será o mesmo.

Os ingredientes do risoto de palmito são os seguintes:

  • 2 xícaras (chá) de arroz
  • Azeite de oliva
  • 1 colher (sopa) manteiga
  • ½ cebola, picada
  • 1 xícara (chá) de vinho branco
  • 1 litro de caldo de legumes
  • 1 vidro de palmito
  • Queijo parmesão

Na receita, o palmito deve ser adicionado entre a evaporação do vinho e o uso do caldo de legumes.

Receita de Risoto Simples

Receita de Risoto Simples

Você já deve ter percebido que um risoto fácil pode tornar sua refeição muito mais trativa. Além das receitas citadas, você pode inovar, e acrescentar à preparação os ingredientes que mais lhe chamem a atenção.

Várias versões do prato já se tornaram comuns. Há, por exemplo, o risoto fácil de camarão com palmito, e o de alho poró e bacon.

Também fazem bastante sucesso o risoto de abóbora e gorgonzola, de espinafre, de frango ao limão e o de brócolis com amêndoas.

Assim como o de abóbora com carne seca, o de frango e açafrão e o de filé mignon e cogumelo shitake. Você pode usar seu vinho favorito e/ou utilizar o que o melhor harmoniza com os ingredientes.

Seja um Expert em Risottos!

Agora você já sabe como fazer risoto. Mas que tal se tornar um especialista no prato italiano? Com o curso “Expert em risottos”, você descobre um treinamento completo criado pela chef internacional Manu Oltramari.

Mais do que várias receitas, o curso ensina como montar um prato, a fazer a harmonização do vinho e até a ganhar dinheiro com esta refeição deliciosa!

O treinamento ainda conta com técnicas de congelamento do risoto, para a venda por encomenda. Há também dicas para montar o prato perfeito, com os aromas, sabores e texturas certas!

Para que se limitar à receita de risoto tradicional, se você pode fazer muito mais? Acesse o curso completo aqui e aprenda truques da receita de risoto simples e dicas para fazer um risoto perfeito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *