Iogurte caseiro – versão natural e com frutas

0
25
Iogurte caseiro

 

Preparar iogurte caseiro é surpreendentemente fácil

É isso mesmo que você leu! Fazer o seu próprio iogurte em casa é super fácil, além disso, conta com vários benefícios:

  • É super econômico,
  • Os ingredientes são os selecionados por você,
  • Adoçar ou não adoçar fica a seu critério,
  • Na próxima leva de iogurte caseiro você só precisará de leite.

Qual o tipo de leite necessário para preparar o iogurte caseiro?

Testamos esta receita com leite refrigerado e UHT, de diversos tipos (desnatado, sem lactose e integral)

Todos os resultados foram igualmente bons, com o leite sem lactose e o integral obtivemos melhores resultados na textura, mas nada que deixe o desnatado abaixo das expectativas.

Em outras palavras, escolha um leite de qualidade para obter bons resultados. A receita deste iogurte é simples mas o resultado vai depender da qualidade dos ingredientes.

A função das bactérias na receita de iogurte

Como nossa intensão era investigar todas as possibilidades para fazer iogurte caseiro, fizemos dois testes com culturas de bactérias:

Iogurte industrializado

Fizemos com iogurte integral para o leite integral e o iogurte desnatado para o leite desnatado.

É importante reforçar que caso você utilize o iogurte de supermercado observe os ingredientes, uma vez que, existem opções que nem iogurte são.

Para nossa receita funcionar deve constar nada mais que leite e fermento lácteo, ou seja, fuja dos que contém emulsificante ou outro tipo de ingredientes como adoçantes ou sabor artificial tanto quanto natural.

Fermento lácteo probiótico:

Este sachê de fermento lácteo você encontra em supermercados ou lojas de alimentos naturais.

Cada sachê fermenta 1 litro de leite.

Utilizei o fermento lácteo tanto no leite integral e desnatado tanto quanto no leite sem lactose.

O resultado foi um iogurte mais firme que o preparado com iogurte industrializado, ou seja, pode ser uma opção melhor para quem busque essa consistência.

Preciso de uma iogurteira para preparar o iogurte caseiro?

Você é da época que os programas da tarde tinha a estrela da iogurteira em quase todos os intervalos? Eu sou!

E confesso que sonhava com aquela máquina, principalmente por ver aquele iogurte super firme que ela apresentava.

Não comprei a iogurteira e de quebra aprendi a preparar o meu iogurte com o que tenho disponível em casa.

Você precisará de uma caixa térmica ou garrafa térmica, as duas funcionam de maneira idêntica, mantendo o calor do leite ao fermentar.

Na garrafa térmica:

Antes de levar o leite ao fogo, ferva um litro de água e deixe na garrafa térmica para aquece-la internamente.

As bactérias se multiplicam no leite morninho, manter ele aquecido para isso é importante, por isso esta etapa é fundamental.

Na caixa térmica:

Mesma técnica utilizada na garrafa térmica.

Ferva um ou dois litros de água dependendo do tamanho da sua caixa, transfira a água para uma vasilha resistente ao calor e acomode-a dentro da caixa térmica para criar um bom climinha para seu leite fermentar bem.

Preciso de termômetro para preparar a receita de iogurte natural?

Eu recomendo muito que você tenha um termômetro culinário em casa, mas isso não significa que você precisará necessariamente de um.

Com o termômetro você consegue ler a temperatura do leite mais facilmente.

Caso não tenha termômetro culinário, leve 500 ml de leite ao fogo e deixe em fogo alto até aparecer as bolhas que antecedem o ferver do leite.

Adicione a outra metade do leite em temperatura ambiente e chegaremos próximo da temperatura ideal para a reprodução das bactérias.

Qual o prazo de validade do iogurte caseiro?

Por não conter conservantes o iogurte natural caseiro tem validade menor comprado ao industrializado.

Na geladeira o iogurte se conserva bem por até 7 dias.

Se perceber que não conseguirá consumir neste prazo, bata com sua fruta predileta e transforme em picolé, no freezer o picolé tem validade de até 90 dias.

Como saborizar meu iogurte caseiro?

Esta resposta é fácil!

  • Você pode preparar um doce de banana e colocar em camadas com o iogurte em potes individuais,
  • O azedinho do iogurte recebe de braços abertos este doce de goiaba.
  • Se a ideia é não utilizar açúcar, esta compota de maçã zero açúcar pode ajudar!

Use sua imaginação e bata no liquidificador com a fruta que mais te agradar, com toda certeza você descobrirá um sabor mais agradável que o seu queridinho do supermercado.

Com a finalidade de te ajudar fiz duas experiências com frutas:

Vitamina de frutas:

  • 1 litro de iogurte natural caseiro
  • 2 bananas nanica
  • 1 maçã
  • 1 mamão papaia
  • 3 morangos

Bata tudo no liquidificador, coe com a finalidade de obter um iogurte sem pedacinhos.

Não é necessário adoçar, é provável que o açúcar das frutas já façam o papel de adoçar seu iogurte, prove e posteriormente se achar necessário adoce.

Batida de iogurte caseiro com maracujá:

  • 1 litro de iogurte caseiro
  • 1 maracujá azedo
  • 4 colheres de mel

Bata todos os ingredientes no liquidificador, prove e se necessário acrescente mais mel ou o adoçante que escolher.

Preparei estes dois iogurtes só para exemplificar.

Em outras palavras, troque as frutas por frutas da estação ou de sua preferência.

Confira a receita

Iogurte caseiro – versão natural e com frutas

Ingredientes
  • 1 litro de leite
  • Um pote de iogurte industrializado ou 1 sachet de fermento lácteo
  • 1 xícara (de chá) de leite em pó

Instruções

  1. Aqueça com água quente a garrafa ou caixa térmica
  2. Adicione na panela e leve ao fogo alto até atingir a temperatura de 95°C
  3. Abaixe a temperatura do leite agitando o leite com a colher de pau até chegar na temperatura de 45°C
  4. Se estiver utilizando o fermento lácteo, adicione o conteúdo de 1 sachê direto no leite morno, caso esteja utilizando o iogurte natural tempere o iogurte com uma concha do leite morno, dissolva o iogurte no leite e depois verta junto ao leite morno
  5. Mexa com a colher de pau até dissolver todo o iogurte/fermento no leite, transfira para uma garrafa de vidro e leve para a caixa de isopor ou garrafa térmica (neste caso pule a instrução de colocar em uma garrafa de vidro antes
  6. Deixe seu iogurte no quentinho de 4 – 12 horas, quanto mais tempo mais azedo ficará seu iogurte
  7. Transfira para a garrafa de vidro caso tenha feito com a garrafa térmica e leve para a geladeira por no mínimo 6 horas
  8. Saborize seu iogurte, se quiser deixa-lo mais cremoso bata no liquidificador com 1 xícara de leite em pó

Notas

Equipamentos necessários:
– caixa térmica ou garrafa térmica
– panela alta
– colher de pau
– termômetro culinário
– garrafa de vidro de 1 litro
Observações
– Lembre de utilizar o leite em pó de acordo com o leite utilizado (por exemplo: Leite em pó sem lactose para o iogurte sem lactose)
– Deixe a vasilha de água quente dentro da sua caixa térmica a fim de manter a temperatura.
Por Na Minha Panela

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui